Lucas Arruda questiona abertura de novas vagas em creches

por Imprensa publicado 30/01/2019 17h59, última modificação 30/01/2019 17h59
Educação

O vereador Lucas Arruda (Rede) encaminhou, em outubro do ano passado, um requerimento ao Executivo questionando o atendimento nos Centros de Educação Infantil do município e a situação da lista de espera existente. No final de 2018, o parlamentar recebeu a informação de que 1.474 crianças aguardam vagas nas creches da cidade, sendo 689 na zona leste, 215 na zona oeste, 308 na área central e 262 na zona sul. Na área rural, não há fila de espera, segundo dados da Secretaria Municipal de Educação.

Segundo o parlamentar, a Câmara recebe, diariamente, reivindicações com relação à possibilidade de abertura de novas vagas nos Centros de Educação Infantil, fato que motivou a elaboração de um requerimento. “Desde o início dessa Legislatura tenho acompanhado a questão das vagas na educação infantil. Devido ao grande número de questionamentos em 2018, solicitei algumas informações sobre as medidas que o Executivo vem adotando para suprir a demanda”, disse.

Em resposta ao vereador, a Prefeitura esclareceu que, além de aguardar a aprovação de recursos junto ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para construção de novas creches como, por exemplo, nos bairros Jardim Amaryllis, São José, Estância São José e São Bento, o município tem trabalhado no sentido de ampliar as creches já existentes. As informações da Secretaria de Educação apontam que a reforma do CEI Dona Mariinha e a ampliação do CEI São Francisco contemplarão 90 novas vagas. O legislador destacou a importância dessas reformas e afirmou que as manutenções estão sendo feitas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, com a contrapartida de empresas que se instalarão no município.

No requerimento, Lucas Arruda indagou, também, quais são as instituições parceiras do município na educação infantil, além dos valores repassados a essas entidades, e qual o valor investido na área para atendimento às 6.447 crianças matriculadas nas creches da cidade. “É um assunto que sempre está em debate e, com certeza, vou acompanhar a situação nesse ano letivo que irá começar. O objetivo é sempre auxiliar o Executivo em medidas que venham sanar o problema”, ressaltou.

O vereador pontuou, ainda, que um dos encaminhamentos a partir da resposta do requerimento será a elaboração de uma Moção de Apelo ao Ministério da Educação para que agilize a liberação de recursos para a construção das quatro novas unidades. “Além disso, na zona rural, apesar de não haver demandas cadastradas, é de conhecimento que existem muitas crianças necessitando desse atendimento, então também encaminharei ao Executivo Municipal uma indicação para que estude a possibilidade de levantamento dessa demanda e verifique a possibilidade de abertura de vagas na educação infantil também nas escolas rurais. Outro encaminhamento será para ampliação dos convênios já existentes”, concluiu.

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados