Lígia Podestá sugere criação do projeto Poços Mais Verde

por Imprensa publicado 03/10/2018 18h13, última modificação 03/10/2018 18h13
Meio ambiente e geração de renda

Encaminhado à Prefeitura no mês passado, o anteprojeto de lei n. 27 sugere a implantação do projeto Poços Mais Verde. A iniciativa é da vereadora Lígia Podestá (DEM), que citou como objetivos da matéria o fomento ao plantio de hortas urbanas e de árvores em pequenos ou grandes espaços públicos. A proposta pode voltar à Câmara para votação, caso seja acatada pelo Executivo.

O anteprojeto prevê a possibilidade de parcerias ou convênios com instituições públicas para implementação e manutenção do programa. O Poços Mais Verde disponibilizará atividades ocupacionais, como jardinagem, reciclagem, compostagem e orientação agrícola, e também oficinas de desenvolvimento em plantios de hortifruti. Além de ocupar e revitalizar uma área urbana, antes ociosa, a proposta visa ao fornecimento de produtos de qualidade orgânica e à geração de renda no município.

Segundo Lígia Podestá, as chamadas hortas urbanas têm se tornado cada vez mais populares e muitas cidades brasileiras já adotaram a medida. “A intenção é cuidar do meio ambiente e também oferecer alimento à população. Temos, ainda, o objetivo de desenvolver as potencialidades das famílias que moram perto das regiões que serão cultivadas, trabalhando aspectos econômicos, sociais e ambientais. Trata-se de uma ação simples, mas que tem um grande impacto na qualidade de vida da população”, ressaltou.

O anteprojeto de lei apresentado pela vereadora está disponível para consulta no Portal da Câmara (www.pocosdecaldas.mg.leg.br).

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados