Evento propõe reflexão sobre 130 anos da Lei Áurea

por Imprensa publicado 28/11/2018 18h06, última modificação 28/11/2018 18h06
Painel de debates

Atendendo a um requerimento dos vereadores Paulo Tadeu D’Arcadia (PT) e Maria Cecília Opípari (PT), a Câmara de Poços realizará um painel de debates com o tema “130 anos da Lei Áurea: história e desafios”. O evento será na próxima quinta-feira (29), às 19h, no plenário do Legislativo, e contará com a participação da professora, doutora em Educação e especialista em História do Brasil, Ana Maria Brochado de Mendonça Chaves, e da professora, socióloga e ex-vereadora, Maria José de Souza.

O objetivo do debate, segundo os autores, é propor um momento de reflexão sobre a história da escravidão, o abolicionismo e as relações de trabalho no Brasil. No requerimento aprovado pela Câmara, os vereadores lembraram que os 130 anos da Lei áurea foram comemorados em 13 de maio desse ano, sendo esta uma lei que, apesar de ter acabado com a escravidão formal no país, não contemplou as necessidades dos negros livres de acesso à terra, ao trabalho, à educação e às necessidades básicas de sobrevivência e dignidade.

Para o vereador Paulo Tadeu, é preciso discutir o assunto diante de um momento nacional de desregulação do trabalho e flexibilização das leis contra o trabalho escravo no Brasil. “Esse encontro de reflexão é muito importante, tanto do ponto de vista de um resgate histórico mais crítico sobre o que significou a escravidão e também com relação à forma como as discussões se deram e a abolição acabou ocorrendo. Entendo que, hoje, deva-se incluir nessa reflexão os desafios, tanto dos afrodescendentes, diante da incapacidade de uma certa parcela da sociedade de compreender políticas de compensação, que são importantes, como também das questões das forças de trabalho em geral, ameaçadas por uma nova onda de exploração sem limites. A Câmara, ao acatar a proposta, compreendeu a relevância do tema e a importância da sua discussão dentro do contexto que vivemos hoje no Brasil”, ressaltou.

O painel de debates será transmitido pela Internet no Portal da Câmara e, também, nas páginas do Legislativo no Facebook e Youtube.

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados