23 de Setembro de 2017

Notícias - Câmara Municipal de Poços de Caldas - Estado de Minas Gerais

Atalhos de navegação

  Pesquisar no Google
Menu por migalhas

Você está em: Página inicial > Comunicação - Notícias

Comunicação

Notícias

22/09/2017

Melhorias no atendimento

Câmara realiza debate sobre Saúde Mental, Síndromes e Transtornos Existenciais

Compartilhar:

Atendendo a um requerimento do vereador professor Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC), a Câmara de Poços promoveu uma audiência pública para discutir o tema Saúde Mental, Síndromes e Transtornos Existenciais. O encontro, que aconteceu na última quarta-feira (20), teve como um dos objetivos debater ações visando à melhoria da qualidade de vida dos pacientes, à inclusão social e ao constante suporte às famílias.

O evento contou com a presença do Prefeito Sergio Azevedo, da secretária municipal de Educação, Flávia Vivaldi, da secretária municipal de Promoção Social, Luzia Teixeira Martins, do secretário adjunto de Saúde, Flávio Togni de Lima e Silva, da 1ª tenente e psicóloga da Polícia Militar, Samanta Maran de Azevedo, do coordenador da Divisão Administrativa da UPA, Vitor Marchesi Filho, e do presidente da ASMELI (Associação de Saúde Mental Libertando Identidades), José Carlos de Souza. Também participaram da audiência servidores de unidades de saúde do município, professores e estudantes universitários, psicólogos e comunidade em geral.

No início do encontro, o vereador Carlos Roberto destacou que o trabalho integrado é um dos fatores principais na busca por uma melhor qualidade de vida e pela implementação de novas políticas públicas na área da saúde mental, síndromes e transtornos existenciais. “Essa audiência vem discutir os três temas em questão, divulgando os trabalhos e conquistas nessa área e planejando caminhos e possíveis soluções para as demandas”, ressaltou.

Várias sugestões foram apresentadas durante a audiência, entre elas: a criação de uma rede intersetorial de cuidado em saúde mental infantojuvenil; a implantação de um fórum de discussão entre os profissionais envolvidos nos serviços, criando um espaço de diálogo a fim de otimizar o trabalho que já é desenvolvido; a implementação de frentes de trabalho voltadas à promoção da saúde mental, à prevenção do sofrimento psíquico e à inserção social; maior capacitação das unidades de saúde com relação ao atendimento na área, bem como o aumento desse atendimento nas unidades; realização de um trabalho preventivo no município; criação, através de um projeto de lei, do cargo público de psicólogo escolar, focado na formação escolar dos alunos.

Com relação ao autismo, houve propostas para melhorias no atendimento e na qualidade de vida das crianças. Além da necessidade de capacitação de profissionais da saúde e de um tratamento multidisciplinar, foram abordadas outras questões, como por exemplo a criação de um núcleo de inclusão ligado à Educação, a realização de parcerias para estágios em salas de aula, a capacitação dos cuidadores e a criação de um cadastro da pessoa com autismo.

A audiência foi marcada, também, pelo debate de temas relacionados à reforma psiquiátrica no Brasil, à resistência, muitas vezes, de se falar sobre o tema ou lidar com a pessoa que passa pelo sofrimento, ao trabalho realizado nos CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) do município e aos serviços oferecidos pela clínica escola da Faculdade Pitágoras em Poços de Caldas,

Educação

A secretária Flávia Vivaldi destacou que todos os apontamentos são bem-vindos e que a ideia de um trabalho em rede é urgente. “Temos consciência de que o trabalho na rede municipal de educação que trata dessa temática ainda é incipiente, por isso a gente precisa de momentos como esse para ouvir a comunidade como um todo”, pontuou.

Sobre as demandas apresentadas pelo público, Flávia explicou que algumas já estão em andamento, como por exemplo a formação das auxiliares de educação inclusiva pelos profissionais de saúde. Ela pontuou que a Secretaria tem trabalhado na questão das parcerias para estágios nas escolas e que a presença de psicólogos educacionais em salas de aula e os atendimentos dos pacientes por uma equipe multidisciplinar são medidas importantes e que representam um desafio na área.

Saúde

Flávio Togni, secretário adjunto de Saúde, enfatizou que o município aguarda a habilitação pelo Ministério da Saúde para implantação do CAPS i, que atende crianças e adolescente com intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes. “Poços conta hoje com o CAPS AD e o CAPS II e aguardamos a habilitação do CAPS i. Com ele, o autismo vai receber uma atenção especial e necessária. Apesar de não ter ainda conseguido a habilitação via Ministério, já é uma determinação do secretário e do prefeito para que o trabalho tenha início sem o financiamento”, disse.

Câmara

O autor do requerimento que solicitou a audiência, vereador Carlos Roberto, afirmou que o Poder Legislativo fará os encaminhamentos necessários. “Há a intenção de que, futuramente, esses três temas sejam divididos e novamente debatidos, inclusive através de simpósios, abordando cada assunto de forma específica. A partir das colocações feitas durante a audiência, daremos continuidade ao debate com o encaminhamento das propostas aos órgãos pertinentes”, declarou o parlamentar.

O vídeo da audiência, com todas as apresentações feitas, está disponível para consulta no Portal da Câmara (www.pocosdecaldas.mg.leg.br).

Outras notícias


Acesso à Informação
Acesso à Informação

Siga a Câmara

Siga a Câmara no Youtube
Siga a Câmara no Facebook


Comissão das águas

Clique no link abaixo e copie para o seu computador o relatório técnico.

Download do relatório (Mar/12)


SAPL Móvel

O Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) é a ferramenta utilizada para a gestão do processo legislativo. Acompanhe de perto toda a atividade legislativa de seu representante.

Acesse:
sapl-mobile.pocosdecaldas.mg.leg.br





Tempo


Câmara Municipal de Poços de Caldas - Estado de Minas Gerais

Rua Junqueiras, 454 - Centro - CEP 37701-033
Prédio Anexo: Rua Junqueiras, 555
Geral: (35) 3729-3800
Ramais: consulte

Horário de atendimento:
De segunda a sexta-feira das 12 às 18 horas

Observação aos padrões:

  • XHTML 1.0 Strict
  • CSS nível 2.1
  • Conformidade com o nível AAA das Diretrizes para Acessibilidade dos Conteúdos da Web 1.0

Creative Comons - Atribuição - Uso não-comercial - Compartilhamento pela mesma licença 2.5 Brasil
Creative Commons 2008 - Alguns direitos reservadosLigação para um novo sítio

Símbolo de Acessibilidade na Web [D]
Símbolo de Acessibilidade na Web - NCAMLigação para um novo sítio

Menor resolução recomendada 1024x768 pixels
Desenvolvido por Assessoria TI